quinta-feira, 7 de abril de 2011

Desabafo

Outro dia, foi um caos completo lá em casa. Vc vai entender o motivo...

- A Malu começou com vômito e diarréia. Acho que era uma virose. Ele tomou remédios prescritos pelo pediatra e já tinha melhorado. Mas, na soneca da tarde, ela sempre dorme sem fralda. Só que o piriri voltou... Deu para imaginar? Tadinha ela acordou chorando.

- Muitos de vcs já sabem que a minha sogra que fica com o João enquanto estamos trabalhando. Só que ela está com o braço quebrado. Então, a ajudante tá ganhando um extra para ajudá-la. Só que a virose da Malu passou para a minha sogra. Sentiu? A ajudante enlouqueceu!

Ainda tem mais!

- Para finalizar, o João resolveu passar a mão na orelha da ajudante e engoliu a tarraxa do brinco dela. A empregada foi rápida e conseguiu meter o dedo na goela e tirá-la de lá.

Tudo isso em apenas 1 dia! O caos foi ou não completo? rs! Só mesmo rindo para não chorar. Ainda bem que o dia tinha sido intenso no trabalho e nem liguei para casa! Só fiquei sabendo de tudo quando cheguei em casa.

Aliás, falando em chegar em casa... a rotina tá bem pesada!
Depois de um dia intenso de trabalho, vou correndo para casa todos os dias. Chego lá e... Os dois disputam a minha atenção e o meu colo. É choro para todos os lados. Quando as coisas acalmam, temos que dar jantar para os dois, cuidar dos dois para dormir... Sei que é uma adaptação e que já vou me acostumar à isso tudo! Mas tá hard! Amo os meu filhos, mas tem dia que dá vontade de sumir! Vem à tona àquela vontade de parar para beber um chopp depois do trabalho com amigos... sem ter compromisso com nada e ninguém... Mas a vontade dá e passa! rs! Afinal, é uma fase e nada melhor que os pimpolhos na minha vida! Só muito amor, mesmo!

7 comentários:

Anônimo disse...

Oi, sempre vejo seu blog e acho muito bom, ao ler seu post de hoje e outros atrás percebi que fala de sua secretaria domestica como "empregada", um modo meio antigo de chamar nossas ajudantes, porque não: minha ajudante ou pelo nome da propria? Fica mais suave, não repare mas é só uma dica.

Ana Carolina Peixoto disse...

Certíssima! Correção na hora! Eu em outros posts tive mais cuidado e falei ajudante! Nesse... bom, é o stress do retorno ao trabalho, rs! Não justifica, eu sei!

Mas não me ofenderia se o Anônimo deixasse de ser anônimo! Leitores e comentários são sempre bem-vindos! A idéia desse espaço é essa!

bjs,
carol

Meu Relicário disse...

Oi Carol, há tempos venho visitando seu blog e hj resolvi comentar...
Esse seu post só mostra que otima mãezona vc é, que dá um duro danado no trabalho e ainda consegue educar muito bem os seus pimpolhos!! ( que são lindos)
Estou adorando esse mundo bloqueiro, e ja ate me aventurei nos famosos Cupcakes, dá uma olhada no meu post! http://relicarioma.blogspot.com/
Moro no interior de SP e Cupcake aki é uma novidade rsrs
Bjão!!

Ana Carolina Peixoto disse...

Obrigada pela visita! Já fui la´e me tornei seguidora! E aproveite a viagem! A gente merece!

bjs,
Carol

Sybelle Alheiros disse...

Carol, vc está vivendo a mesma fase que eu... sei sua angustia por que é minha também...
força para nós...
bjs

Anônimo disse...

Carol..imagino sua rotina com dois!! Eu com um quase morro..Luiz Filipe tem muita cólica e é desesperador, ele chora muito ,não consegue dormir e as vezes nem mamar direito...tem hora que tb penso em sumir.. Em ter minha vidinha de volta...mas a cada sorriso esquecemos td!!!e a frase que mais ouvimos : isso passa!!!! Bjocas
Raquel cabreira

Renata disse...

Olá Carol!

Tem vezes que dá votade mesmo de sumir e tomar um chopp... rs... mas, de fato, quando a gente ganha um sorriso a gente não consegue imaginar como seria a vida sem filhos! Mas enfim.. tenho algumas amigas que já estão no segundo e todas contam que a disputa na hora que chega do trabalho é uma loucura mesmo... então, o lema é: "fases"... é respirar e pensar que já já vai passar! bjs e adorei as fotos do carnaval! lindos! bjs